sábado, 28 de julho de 2018

O Quase Naufrágio do Pirata

Há quanto tempo, amigos! Como vão?
Depois de 1 ano tendo desaparecido aqui do blog, senti que faltou encerrar as postagens dando alguma explicação para os que me acompanharam. Volta e meia eu pensava nisso, mas foi tanta correria nesse meio tempo, tantas incertezas também que acabei somente separando esta data para fazer isso.
Desde a minha última postagem, muita coisa mudou. Minha vida virou de cabeça para baixo, mas claro, tudo depende da perspectiva. Estava eu, na minha zona de conforto, com meu lindo plano para alcançar a IF, quando, de repente, um caminhão passou por cima de mim: a empresa que trabalhei acabou. Sim, acabou do nada. Decretou falência e eu fiquei sem receber um tostão. Todo o caso está na justiça ainda, mas devo demorar a receber meus direitos. E o que aconteceu com meu plano para a IF? Imediatamente foi suspenso. E é aqui que talvez aborde algo que não exista na blogsfera financeira: comecei a ter de realizar saques. Comecei a ver meu montante reduzir mês a mês. Triste. Mas, como disse antes, tudo é questão de perspectiva e vou tentar discorrer sobre isso a seguir:
Com a notícia da demissão geral, comecei a refletir o que faria. Resolvi então, dar um tempo nessa história de embarque para, talvez, correr atrás de outras coisas na vida. O que me apareceu logo de cara foram dois caminhos a tomar que me deixaram muito balançado.


  1. A minha primeira opção era me mudar do Brasil, há muito tempo, ando bem insatisfeito com jeito que as coisas andam por aqui e já vinha sonhando em um dia morar em outro país. Queria muito ir para os EUA, mas Portugal também se mostrava bem atrativo, levando muitos fatores em consideração.
  2. A segunda opção era usar de uma espécie de vantagem que possuía aqui. Um familiar meu conseguiu montar uma empresa do nada, apenas com muito trabalho e disposição de errar, errar e errar até fazer dar certo. Percebi que eu poderia usar essa oportunidade ao meu favor e aprender com ele. Que ele poderia ser uma espécie de mentor para mim.

No meu último post, “O Guia do Sucesso Financeiro”, deixei uma fórmula simples, porém eficaz para aumentar o capital. E, olha como as coisas são... Voltando à fórmula: (Renda Primária + Renda Extra) – Despesas mensais= Aporte. Lembro de ter deixado no último parágrafo que eu estaria à procura do que poderia ser minha renda extra. Percebi então, que a melhor maneira de aprender a ter essa renda extra seria com a ajuda dessa pessoa, se quisesse continuar com esse objetivo.
A opção 1 era muito tentadora. Mudar de ares, me esquecer dessa violência que vivemos, de precisar ganhar muito para ter uma qualidade de vida decente aqui e abraçar o novo, num país desenvolvido, com mais riqueza e paz. Ah, ia ser bom, mas não existem certezas nessa vida. E temos que ser um pouco frios nessas horas em que grandes decisões precisam ser tomadas. Após pesar na balança, percebi que as chances de dar certo aqui com alguém me ajudando, seria maior. E me parecia que já começaria com alguns passos na frente, pois esta pessoa já passou por tanta coisa, que o caminho a seguir através de sua ajuda seria muito mais fácil, levando-me a ficar com a opção 2 no final.

Como tenho a intenção de contar a vocês todas essas coisas, vou dividir em essa postagem em mais uma parte, porque já está ficando muito longa..rsrs

E perdoem-me pela falta de estilo no texto ou imagens. Serão apenas posts despretensiosos para mantê-los informados de por onde anda o Pirata.

Bom revê-los,

PR.


PS: Voltei à finansfera para trazer novidades hoje, e descobri que alguém muito importante nos deixou. VdC , vai com Deus. Foi uma perda muito grande a todos e espero que mantenham seu blog no ar, pois do contrário, ele deixará um vazio que não será preenchido por nenhum outro.

.

4 comentários:

  1. Será interessante saber a segunda parte deste post.

    Gostei da formula da riqueza!

    Abraço e bons investimentos.

    ResponderExcluir
  2. Legal, quero saber.
    A vida muda nossos caminhos de forma q nem imaginamos, tomara q positivo pra vc.
    Abc

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, desejo sucessos pra você nessa nova etapa! Poste artigos com mais frequência, 1 vez por mês está bom. É só o que eu acho, mas faça como queira. Não desista e mantenha-se firme nos planos. Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Um ano caraca,força ai , to com dois empreendimentos pra decidir mais o sócio que é o elo fraco do negocio, tem excelência no trabalho mais na parte financeira estratégica e administrativa uma pedra , só que não reconhece sua ignorância nesses pontos e interfere em tudo que não e da sua alçada , então to querendo trabalhar isso nele pra ver se sai alguma coisa .

    ResponderExcluir